domingo, 11 de janeiro de 2009

Menino que chora

Sim criei o menino que chora, porque quem o criou, ficou sózinha , neste mundo perturbado, cheio de egoismo nesta sociedade que a perturba, dos especialistas, que se dizem amigos e o não são , e coitada ela ve que perdeu aquilo que tinha de melhor, que era o seu lindo sobrinho, mas que não se vira contra Deus, porque acha que o menino esta bem.
Agora pergunta-se , será que ela está bem ? ao ser triturada por uma Sociedade hipocrita, e consumista, naõ ela não esta bem ! ela sente falta do seu lindo menino, que era para ela um anjo, docil, e meigo, e que suplantava toda a Sociedade no aspecto, humano mesmo em especialistas, e tudo que a podiam enervar , e só dela olhar para os olhinhos dele, ela se sentia como talvez, em Paz.
Ela queria ir para onde ele está , mas Deus não a quer chamar .
O menino está com ela a todo o momento , ela ouve o seu lindo, menino que criou, desde que saiu do hospital , foi ela quem o criou, quem o acalentou e brincavam juntos, por isso ela pede a Deus, que ele não se esqueça da sua tia de vir falar com ela, para ajudar a suavisar a sua tão enorme de dor de ter perdido o , seu lindo menino com o pó da estrada que Deus e Senhor esteja contigo meu querido menino

2 comentários:

Lidia Paz disse...

Amanhecer silencioso,
Felicidade discreta,
Certeza de sentimentos,
Coração alegre
Ignorando a solidão.
Alma segura,
Jardim perfeito,
Obras da vida
Esperança de um amanhã,
Paz ao mundo,
Desejos de felicidade
Para aqueles que sentem dor...
A felicidade ás vezes é um presente,
Mas as vezes é uma conquista.
Desejos que a felicidade se espalhe
E entregue para as lágrimas
A verdadeira razão de sorrir.
Não ouça a solidão,
Enquanto ela te chama aos gritos
A felicidade murmura ao seu coração
Desejos verdadeiros;
Desejos de ver o mundo
Iluminado de felicidade...

casualidade disse...

Obrigada Kerida amiga, tuas palavras sao como pombas , que caem uma. a uma no meu regaço. Podes crer! mas o mal já está consumado, esse mal que me electrocidou, completamente, vem unica exclusivamente, do berço aqual a sub-proteçao, foi mto mesmo, mto exagerada, e como eu não deixo, nem nunca deixarei, minha fé ao desleixo, entrego-me nas mãos de Deuz . é nessa fé que caminho, a passos largos, ker esteja mesmo mto mal, cheia de sofrimento, agonizante, eu me entrego, totalmente, ao amor de meu Pai e senhor que é sem dúvida Jesus Cristo