terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Tentamos encontrar Deus


2 comentários:

casualidade disse...

Realmente as pessoas não querem , ou talvez não queiram descortinar as minhas postagens, onde quero ir ou até que ponto eu falo de Deus, pois caro Cibernauta é simples: Se temos os bolsos cheios de dinheiro, tu meu irmão és observado por mta gente, mas se realmente esse estigma material te acaba, tu ficas desconcertado.E lá está somos indignos de Deus , mas falamos de Deus sempre.Quando temos faltas , só falamos de Deus e porque quando estamos banhados de mta felicidade não falamos dele , ai já não nos covem subimos de posto no trabalho, nem em Deus pensamos.Dra defendem as teses ou se acabaram de formar, com valores altos , nem em Deus nos recordamos . Fazemos uma festa comemos , bebemos mas nem em Deus pensamos, pois estamos felizes.Masse essa felicidade toda se acaba, como fazes?não me digas, que não falas mais de Deus .Então diz lá para que te serve a fé e seres católica?para o amares quando estas mesmo feliz ou para o odiares, quando és banhado por uma infelicidade, que inevitavelmente te bate á porta .Mas amigo pensa que ele está ctg , em tods os momentos da tua vida, e te observa a ti e a min, das injúrias que lhe dizemos
Acho bem : Tu e eu nos ajoelhar-mos perante ele e pedir Deus perdoa-me porque não te SOUBE AMAR

Lidia Paz disse...

É verdade, hoje mesmo é um dia que estou suspirando e aspirando DEUS, na dor, na saudade, na solidão nos aproxima mt de Deus.Mas as pessoas afortunadas tb sentem angustia e tudo o que citei acima, pois dinheiro não compra estado de espírito. Claro que ele faz um bem enorme, principalmente neste momento e no mundo capitalista que vivemos, os mais desfavorecidos são mt penalizado pelo sistema social que desampara e separa as pessoas pelo o que tem, o que veste, o carro que dirige, isto é fato.Bjs